fbpx
Agende uma Reunião On-line Comigo

Marketing para ferrovias: será que é possível?

22 de junho de 2024
Marketing para ferrovias: será que é possível?

Ao contrário do que se cogita, é possível sim elaborar uma estratégia de marketing para ferrovias, de modo que faça mudar definitivamente a maneira de se fazer negócios dentro do setor de transportes.

Entretanto, estamos falando de um segmento um tanto complexo e que, na sua grande maioria, ainda se encontra no Marketing 1.0 definido por Phillip Kotler. Em outras palavras, o marketing offline ainda é forte, com inserção de anúncios em revistas impressas ao redor do mundo.

Mas por que o marketing digital é um game-changer? Bem…

Em suma, o marketing digital é uma das estratégias que mais traz ROI (Return Over Investment) para qualquer tipo de empresa, seja ela B2B ou B2C, e ainda reduz o CAC (Custo de Aquisição por Cliente).

São várias etapas a serem executadas, que garantem resultados concretos de médio a longo prazo.

E, como na Internet não existem barreiras geográficas, a possibilidade de negócios se expande para empresas de todo o mundo, não apenas no Brasil.

Neste artigo, abordaremos o cenário do setor ferroviário brasileiro e como empresas de diversos portes podem se beneficiar com as estratégias de marketing digital B2B corretas para os seus respectivos negócios.

O que é marketing para ferrovias?

trem de metrô europeu

O setor ferroviário brasileiro representou em média 0,70% do PIB entre 2001 e 2022.

Por outro lado, as ferrovias são responsáveis por 40% das commodities agrícolas que chegam aos portos brasileiros.

Para se ter uma ideia, o País fechou o ano de 2023 movimentando 530,6 milhões de toneladas úteis, a maior dos últimos cinco anos. Com isso, o governo brasileiro adotou um plano de investimento na ordem de R$ 94 bilhões, com recursos públicos e privados.

Ou seja, ainda que a sua participação no PIB seja baixa, as operadoras de carga conseguem representatividade no escoamento, liberando as autoestradas, diminuindo o número de caminhões e, consequentemente, a emissão de gases na atmosfera.

Dito isso, o marketing para ferrovias pode ser um motivador para gerar notoriedade deste transporte aos tomadores de decisão.

Como o Marketing digital funciona em linhas gerais

Não importa o tamanho da sua empresa, se é um fornecedor de pequeno ou médio porte, uma operadora ou fabricante.

Graças a algumas técnicas do Marketing Digital, é possível atingir clientes de forma escalada, com melhores chances de fechar parcerias e negócios.

O Marketing Digital é um campo bastante amplo, que se resume basicamente em três áreas de atuação. São elas:

  • Criação de conteúdo 100% original e que engaja o público
  • Gerenciamento de conteúdo para as mídias sociais que tenham a ver com o seu negócio
  • Gestão de tráfego pago e links patrocinados

Apesar das áreas de atuação serem aparentemente bastante simples, no seu âmago existem uma série de ferramentas e estratégias que são adotadas. São elas:

  • Criação de conteúdo em texto, vídeo e imagens
  • Disparo de boletins por e-mail
  • Conteúdo para as mídias sociais
  • Criação de e-books gratuitos para download, webinars, cursos etc.

Ou seja, ao contrário do marketing tradicional, quando empresas dependem de veículos de mídia impressa ou interativa para anunciar os seus negócios, no Marketing Digital é possível realizar todo esse trabalho dentro da sua própria plataforma.

Em outras palavras, há uma considerável redução de custos (se comparado ao preço de se anunciar em mídias impressas), com resultados mais eficazes.

No segmento ferroviário, o marketing digital é um ótimo indutor para empresas se conectarem de forma mais rápida, com melhor captação de leads e fechamento de negócios para suprimentos, equipamentos, sistemas etc.

O passo a passo para introduzir uma estratégia de Marketing Digital para a sua empresa ferroviária

notebook com gráficos de marketing digital

Veja abaixo o passo a passo básico para introduzir uma estratégia de Marketing Digital para a sua empresa.

O plano possui os seguintes critérios:

  • Criação de um site responsivo e bem estruturado,
  • Sistema de automação de marketing para captação de leads
  • Criação de conteúdo original e que engaja
  • Planejamento de redes sociais adequadas ao seu negócio
  • Gestão de tráfego pago e links patrocinados

Criação de um site responsivo e bem estruturado

Hoje em dia, o website de uma empresa ou influenciador digital é o seu cartão de visitas.

Em outras palavras, um bom site determina o público-alvo que você deseja atingir, bem como a seriedade da sua imagem perante o mercado.

Existem diversas plataformas para sites. A mais conhecida delas é o WordPress.

Trata-se de um CMS (Content Management System) gratuito e aberto, que possui diversos templates gratuitos e pagos, além de plug-ins que turbinam as páginas.

Esses plug-ins permitem praticamente tudo que você possa imaginar, em termos de funcionalidade e interação: agendar horários, fazer pedidos, criar formulários de e-mail, agenda de eventos etc.

Fora isso, o WordPress é uma plataforma responsiva, desenvolvida tanto para visualização padrão (desktop) como para dispositivos móveis (smartphones e tablets).

Dependendo da estratégia, não existe a necessidade de investir na criação de um app, por exemplo.

Para encerrar, o WordPress é a plataforma mais amigável para SEO (Search Engine Optimization), uma técnica/código utilizada para otimização e posicionamento de páginas nos principais mecanismos de busca (Google, Bing, DuckDuck Go etc.).

Qualquer provedor de hospedagem permite a instalação do WordPress na sua página, o que torna ainda mais atrativo para qualquer pessoa/empresa.

Sistema de automação de marketing para captação de leads

O sistema de automação de marketing possui várias funcionalidades que aumentam a produtividade do trabalho do profissional responsável.

Basicamente, uma boa ferramenta oferece os seguintes serviços:

  • Sistema de disparo de e-mail em massa para newsletters (boletins), sem perigo de SPAM
  • CRM (Customer Relationship Management) integrado, facilitando o relacionamento com os leads
  • Criação de Landing Pages (páginas de captura) já integradas as suas listas de contatos
  • Possibilidade de criar jornada do cliente, do momento em que ele insere dados até finalizar a compra

Dependendo da plataforma, existem outros serviços a mais que são oferecidos, como gerenciamento de mídias sociais. As principais empresas de automação de marketing hoje são:

  • HubSpot: contém CRM gratuito completo, sistema de e-mail marketing e gerenciamento de redes sociais
  • MailChimp: o mais famoso sistema de automação de e-mail marketing do mundo
  • Active Campaing: similar ao MailChimp, possui funcionalidades avançadas de automação
  • RD Station: empresa brasileira de marketing digital que oferece serviços completos em CRM, E-mail Marketing e gestão de mídias sociais

Criação de conteúdo original e que engaja

Quando lidamos com a Internet, precisamos entender que o conteúdo é o rei.

O que isso significa, em termos práticos?

As pessoas estão constantemente realizando buscas na Web para os mais variados assuntos, de acordo com o seu interesse e curiosidade.

Estima-se que somente o Google possua entre 30 a 50 bilhões de páginas indexadas em seu sistema. Isso significa que mais de 3,7 bilhões de pesquisas são feitas diariamente no mundo todo, seja pelo desktop ou dispositivos móveis, só neste mecanismo de busca.

É fato que posicionar o seu artigo ou site na primeira página dos mecanismos de busca, em especial o Google, é uma tarefa complexa que leva algum tempo.

Existem vários critérios que são considerados para uma página ou post de blog viralizar e alcançar o primeiro lugar.

Dentre eles, podemos citar a qualidade do conteúdo em si, sua consistência, links internos e externos, backlinks (quando outro site cita o seu artigo como referência), SEO Off-Page, enfim.

Otimização SEO

Contudo, é um esforço que vale a pena: uma página bem otimizada e indexada pode receber acesso durante anos, principalmente se for constantemente atualizada com informações consistentes. É o que chamamos de Conteúdo Evergreen, ou seja, aquele tema que sempre é pesquisado e comentado, independente da época.

Logo, podemos fazer uma breve reflexão sobre quantos temas ferroviários podem ser abordados e que são atemporais, correto?

Para tanto, é interessante habilitar dentro do seu site um blog corporativo, onde será publicado conteúdo referente ao setor ferroviário e o seu produto em si.

Veja alguns exemplos de temas que podem ser abordados:

  • “Como funciona a sinalização de um trem? Conheça os principais sistemas existentes”
  • “Para que serve o terceiro trilho nos trens de metrô?”
  • “5 curiosidades sobre a eficiência energética das locomotivas de carga”

É importante frisar que, no blog, a sua intenção principal é educar os seus leitores e, de quebra, apresentar o seu produto como solução dos seus anseios.

Planejamento de redes sociais adequadas ao seu negócio

Existe um senso comum de que toda empresa deve estar em uma rede social para divulgar a sua marca e seu negócio.

Analisando friamente, esse pensamento não é errado. Porém, não pode ser feito na base do achismo.

Nem toda rede social faz sentido para a empresa X ou Y.

Por isso, é importante que se faça um planejamento para decidir qual é a plataforma mais adequada para o seu negócio.

Feito isso, deve-se elaborar um calendário editorial com o tipo de conteúdo a ser abordado (se é texto, imagem, ambos, vídeo curto ou longo etc.), frequência de postagens etc.

Tudo isso pode ser automatizado, fique tranquilo!

O crucial é saber qual é a imagem que sua empresa deseja fincar no mercado e, acima de tudo, engajar com os seus seguidores.

Gestão de tráfego pago e links patrocinados

Por fim, temos a gestão de tráfego pago.

O tráfego pago serve, dentre outras coisas, para promover determinado produto ou serviço de uma empresa nos mecanismos de busca de maneira mais rápida e eficaz.

Quando realizamos uma busca qualquer, por exemplo, “tênis Nike de corrida”, os primeiros links que aparecem nos resultados, referentes a este produto, estão marcados como “Patrocinado”.

Após os links patrocinados, vem os links orgânicos (gratuitos), que são páginas ou artigos de blog.

O link patrocinado te leva até a página do produto, para que você realize a compra.

A engrenagem por trás disso que é interessante: o produto ou serviço aparece mediante uma pesquisa prévia do volume de determinadas palavras-chave, seguidas de copywriting (técnica de vendas) e criativo, dentro da plataforma Google Ads, Bing Ads ou Meta Ads.

Quando o usuário clica no link patrocinado, a sua empresa paga um percentual pelo clique e/ou conversão – já previamente acordado entre você e a plataforma (Google, Bing ou Meta).

É uma maneira muito mais rápida de vender produtos e serviços, pois atinge diretamente o seu cliente ideal.

Conclusão

O Marketing Digital é uma estratégia que pode ser bem explorada no mercado ferroviário. Se bem executado, pode trazer melhores resultados a diversas empresas de vários portes e nacionalidades diferentes.

Entre em contato conosco hoje mesmo para saber mais e agendar uma reunião!

Posted in Artigos
Related Posts