Ilustração gráfica do Veículo Leve sobre Trilhos VLT de Salvador 4 e1526666806341 - Licitação do VLT de Salvador marcada para o dia 23 em São Paulo

Licitação do VLT de Salvador marcada para o dia 23 em São Paulo

A licitação para a construção e operação do VLT de Salvador, em substituição aos antigos trens de subúrbio da capital baiana, está finalmente agendada para o próximo dia 23, em São Paulo, na sede da B3 (antiga BM&Bovespa). O anúncio foi dado pelo governador Rui Costa, e consta no site da Bolsa de Valores.

O VLT de Salvador será uma Parceria Público-Privada (PPP), ligando os bairros de Paripe à Calçada, num trajeto de 13,6 km. Também está prevista uma ampliação entre a Avenida São Luiz e o bairro do Comércio de 4,9 km, totalizando então 18,5 km de extensão.

O custo total do projeto é de R$ 1,5 bilhão, e deve beneficiar cerca de 600 mil pessoas. A demanda diária é de 90 mil passageiros. Se tudo ocorrer conforme o cronograma, as obras de desapropriação, canteiro de obras, intervenções na poligonal onde trafegará o VLT deverão iniciar em outubro deste ano.

Acima, o vídeo institucional sobre o projeto do VLT de Salvador. Créditos: Governo do Estado da Bahia

Cidade ferroviária. Salvador está se tornando uma das principais capitais ferroviárias do Brasil. Em um curto espaço de tempo, o metrô da cidade, paralisado há mais de 15 anos, foi arrematado pelo Grupo CCR – o mesmo que opera a Linha 4 do metrô de São Paulo e o VLT Carioca – e as obras foram concluídas em tempo recorde, com duas linhas, 23 estações e 42 km de extensão. O metrô de Salvador opera comercialmente desde junho de 2014, e sua demanda diária é de 320 mil usuários.

No quesito ferroviário, em extensão Salvador fica atrás somente do Rio de Janeiro e São Paulo.

Deixe um comentário

avatar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Subscribe  
Notify of